Investir na UE

As empresas e os particulares investem no estrangeiro para localizar a sua produção em locais rentáveis e altamente qualificados, para adquirir componentes e matérias-primas, bem como para se aproximarem dos seus clientes. Para o país de investimento, o investimento estrangeiro desempenha um papel importante e contribui para o desenvolvimento tecnológico, a criação de emprego e o crescimento económico.

A legislação da UE e o mercado único apoiam os investimentos, uma vez que garantem a liberdade de estabelecimento de uma empresa, de investimento em empresas e de realização de movimentos de capitais transfronteiras. Asseguram também um tratamento equitativo e não discriminatório dos investidores em todos os Estados-Membros.

A UE tem um dos regimes mais abertos e transparentes do mundo em matéria de investimento direto estrangeiro (IDE), tornando-o um dos principais destinos do IDE no mundo. Por conseguinte, os stocks de IDE detidos por investidores de países terceiros na UE ascendem a cerca de 6,295 mil milhões de EUR. Investir na UE traduz-se no acesso a um mercado único altamente integrado, composto por 500 milhões de consumidores e oportunidades de investimento.

As empresas e os particulares investem no estrangeiro para localizar a sua produção em locais rentáveis e altamente qualificados, para adquirir componentes e matérias-primas, bem como para se aproximarem dos seus clientes. Para o país de investimento, o investimento estrangeiro desempenha um papel importante e contribui para o desenvolvimento tecnológico, a criação de emprego e o crescimento económico.

A UE tem um dos regimes mais abertos e transparentes do mundo em matéria de investimento direto estrangeiro (IDE), tornando-o um dos principais destinos do IDE no mundo. Por conseguinte, os stocks de IDE detidos por investidores de países terceiros na UE ascendem a cerca de 6,295 mil milhões de EUR.

Investir na UE traduz-se no acesso a um mercado único altamente integrado, composto por 500 milhões de consumidores e oportunidades de investimento. A legislação da UE e o mercado único apoiam os investimentos, uma vez que garantem a liberdade de estabelecimento de uma empresa, de investimento em empresas e de realização de movimentos de capitais transfronteiras. Asseguram também um tratamento equitativo e não discriminatório dos investidores em todos os Estados-Membros.

Investir num Estado-Membro da UE

Se pretender investir na UE, encontrará abaixo as ligações pertinentes para os sítios Web das agências de promoção do investimento dos Estados-Membros da UE que fornecem informações sobre as oportunidades de investimento, as medidas a tomar e as regras aplicáveis.

Apoiar os investidores na UE

Existem várias plataformas que prestam orientação e assistência às empresas e aos investidores estabelecidos ou que pretendem estabelecer-se no mercado único da UE, incluindo a proteção dos seus direitos.

As empresas e os investidores podem consultar

Partilhar esta página:

Ligações rápidas