Suíça

As relações económicas e comerciais da Suíça com a UE são essencialmente regidas por uma série de acordos bilaterais em que a Suíça concordou em assumir determinados aspetos da legislação da UE em troca do acesso a uma parte do mercado único da UE.

A pedra angular das relações UE-Suíça é o Acordo de Comércio Livre de 1972.

Para poder beneficiar do tratamento preferencial, o seu produto terá de cumprir as regras de origem previstas no acordo. Consulte aferramenta interativa de autoavaliação das regras de origem (ROSA)em My Trade Assistant para avaliar se o seu produto cumpre as regras de origem e para saber como preparar os documentos corretos.

As regras de origem são regidas pela Convenção Pan-Euro-Mediterrânica.

Em 1999, foram assinados sete acordos setoriais, denominados «Bilaterals I». Abrangem

  • livre circulação de pessoas
  • barreiras técnicas ao comércio
  • contratos públicos
  • agricultura
  • transportes aéreos e terrestres
  • investigação.

Um outro conjunto de acordos setoriais assinados em 2004 («Bilaterais II») abrange:

  • produtos agrícolas transformados
  • estatísticas
  • luta contra a fraude.

Existem mais de 100 acordos bilaterais entre a UE e a Suíça, geridos por mais de 20 comités mistos. Os acordos obrigam a Suíça a adotar a legislação pertinente da UE nos setores abrangidos.

Em contrapartida da sua integração parcial no mercado único da UE, a Suíça paga uma contribuição financeira para a coesão económica e social nos Estados-Membros da UE que aderiram após 2004.

Acordos UE-Suíça relacionados com o comércio

 

Encontre a taxa pautal aplicável ao seu produto em O meu Assistente Comercial.

A UE é o principal parceiro comercial da Suíça e a Suíça é o quarto maior parceiro comercial da UE.

Mais informações sobre as relações comerciais entre a UE e a Suíça.

Partilhar esta página:

Ligações rápidas